Relatório de Ângela Portela sobre guarda compartilhada é aprovado

:: Da redação29 de abril de 2014 20:50

Relatório de Ângela Portela sobre guarda compartilhada é aprovado

:: Da redação29 de abril de 2014

Texto aprovado na Comissão de Direitos Humanos segue para a CCJ

Ângela: guarda compartilhada é a que melhor garante convivência da criança com pais separados

A Comissão de Direitos Humanos aprovou, nesta terça-feira (29), o substitutivo da senadora Ângela Portela (PT-RR) ao Projeto de Lei da Câmara (PLC 117/2013) que trata da guarda compartilhada e da aplicação desse instituto jurídico.

“A guarda compartilhada é a resposta mais eficaz à continuidade das relações da criança com seus pais na família dissociada. Trata-se de uma nova âncora social para o exercício dos papéis parentais e supera a ideia de um genitor principal, o guardião, e um secundário ou de final de semana”, disse a senadora.

O texto, que segue para análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) prevê a reformulação dos dispositivos do Código Civil Brasileiro relativos à guarda compartilhada dos filhos no caso da separação dos pais.

Para a senadora, o coração do projeto está na redação que propõe, tornar clara para os juízes, a obrigação de decretar a guarda compartilhada, desde que, como bem diz o projeto, ambos os pais possam exercer o poder familiar e desejem exercitar a guarda.

 

Confira a íntegra do PLC 117/2013

Conheça o Código Civil (Lei 10.406/2002)

Leia mais:

Ângela destaca importância do combate à alienação parental

 

Direitos Humanos apoia campanha sobre alienação parental

 

Alienação parental: falta de informação preocupa Paim

 

Sobre a alienação parental – Por Paulo Paim

Leia também