Igualdade e democracia

Relembre o legado dos governos de Lula e Dilma pelos direitos LGBT

Ex-presidente Lula foi o primeiro a abrir as portas do Planalto para dialogar e criar programas
:: Agência PT de Notícias21 de junho de 2019 10:48

Relembre o legado dos governos de Lula e Dilma pelos direitos LGBT

:: Agência PT de Notícias21 de junho de 2019

Ainda há muito a ser conquistado: a violência contra a população LGBT persiste, o mercado de trabalho ainda fecha as portas de acordo com a sexualidade ou identidade de gênero e “governos”e “governantes” ainda promovem o discurso de ódio e tiram direitos adquiridos.

Os ataques sofridos por ser quem se é ou amar quem se ama são muitos e diários. Mas muitos passos já foram dados no caminho para a igualdade, os primeiros deles quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva abriu as portas do Planalto para que os movimentos da sociedade civil dialogassem sobre suas urgências, que pautaram políticas públicas.

Para a secretária Nacional LGBT do Partido dos Trabalhadores, Janaína OliveiraLula foi o primeiro Presidente da República a dar voz para lésbicas, gays, bissexuais e transexuais nas decisões do governo sobre pautas que afetam diretamente suas vidas.

Foi a primeira vez que tivemos um governo pensando políticas de educação, moradia e direitos humanos para a população LGBT, um governo que atuava no processo de reconhecimento dos direitos. Tinha um Ministério da Educação, por exemplo, que pensava como a escola poderia ser um espaço seguro e receptivo onde a população LGBT pudesse estar, em especial travestis e transexuais

Esse foi o passo para uma série de conquistas históricas que tiveram continuidade no governo de sua sucessora, Dilma Rousseff.

Leia os principais resultados conquistados nos governos do PT

Leia também