Senado debate papel do Acre na integração com o Pacífico

:: Da redação4 de novembro de 2011 13:41

Senado debate papel do Acre na integração com o Pacífico

:: Da redação4 de novembro de 2011

Já está agendada para o próximo dia 21 de novembro, pela Comissão de Relações Exteriores do Senado, uma audiência pública com a presença do Presidente do Congresso Nacional peruano, deputado Daniel Abugattás, para debater a intensificação das relações diplomáticas e comerciais entre o Brasil e o Peru, por meio da Rodovia Interoceânica concluída em definitivo com a inauguração da ponte sobre o Rio Madre de Dios, em 15 de julho e que liga o Brasil, por meio do Acre, aos portos do Pacífico.

Membro titular da Comissão, o senador Aníbal Diniz (PT-AC) informou que o objetivo da audiência é debater idéias e compartilhar os desafios que, gerados com a integração entre os dois países, requerem atenção especial tanto das autoridades brasileiras quanto das peruanas.

“A integração, nós sabemos, gera grandes oportunidades de geração de emprego e renda, fortalecimento da transações comerciais, turismo, intercâmbio de conhecimentos e intercâmbio das culturas amazônicas e andinas. Mas estamos conscientes das dificuldades naturais de todo o desenvolvimento. No caso do Peru existe a possibilidade de garimpo ilegal, uma vez que a região sul de Madre de Dios é rica em ouro. Outra situação é o tráfico de drogas e existe ainda o risco de aumento do desmatamento”, alertou.

Debates sobre o assunto já vem ocorrendo nos Fóruns dos Municípios Fronteiriços realizados em Rio Branco – o primeiro no mês de junho – e em Puerto Maldonado – o segundo nos dias 13 e 14 de outubro. Do Acre, estiveram presentes representantes e autoridades das prefeituras de Rio Branco, Epitaciolândia e Plácido de Castro. Do Amazonas, o representante do município de Boca do Acre. Do lado peruano, estiveram presentes autoridades das províncias e dos distritos de Tambopata, Tahuamanu, Coronel Portillo, Purus, Laberinto, Tahuamanu e Las Piedras.

“Foi um encontro importante para discutirmos a maior parte dos problemas que afetam esses municípios e quais soluções podem ser compartilhadas para a superação dos desafios nas áreas de saúde e de educação e de tantos outros problemas que afetam essas comunidades”, informou o senador.

Ao final do Fórum, as autoridades defenderam a assinatura de um Memorando de Entendimento e Cooperação Interinstitucional entre o Município Provincial de Tambopata e o Município de Rio Branco para apoiar a gestão municipal em planejamento urbano e gestão pública além de um plano diretor e ordenamento territorial, meio ambiente e manejo de resíduos sólidos.

Os dois lados também deixaram claro seu interesse em promover ações entre os municípios para o fortalecimento do nível de atenção básica às redes de saúde entre a região de Madre de Dios e o Estado do Acre.

Integração articulada – o senador Aníbal destaca ainda que, no caso do Acre, a integração deve ser pensada em quatro dimensões: a integração do Acre e os Estados da Amazônia, da Amazônia com o restante do País, com os países andinos e com o restante do mundo. “Não apenas a integração física, a que inclui comunicações, energia e transportes, mas também a dimensão qualitativa da integração”, destacou.

Neste sentido, lembra ele, que a integração que está sendo trabalhada no Acre é uma integração articulada, que vai tanto em relação aos municípios acreanos entre si quanto do Acre com os demais Estados amazônicos e também do Acre com os vizinhos países do Peru e da Bolívia – agora, em especial, com o Peru, com o esforço conjunto e coordenado que envolve autoridades diplomáticas brasileiras e peruanas.

Fonte: assessoria do senador Aníbal Diniz

Leia também