Retrospectiva

Senadores combateram o negacionismo e a irresponsabilidade de Bolsonaro

Parlamentares apresentaram diversos projetos para reduzir impacto da pandemia e responder à paralisia do governo frente à pandemia. Além disso, ações judiciais foram tomadas para impedir ações irresponsáveis e negacionistas de Bolsonaro ao longo de 2020
:: Da redação11 de dezembro de 2020 17:12

Senadores combateram o negacionismo e a irresponsabilidade de Bolsonaro

:: Da redação11 de dezembro de 2020

Bolsonaro teve um comportamento irresponsável ao longo do ano de 2020. Na maior crise sanitária que o mundo vive no Século XXI, o Congresso Nacional serviu como uma espécie de anteparo para as decisões e comentários descolados da realidade promovidos por quem deveria conduzir o Brasil nesse triste capítulo de enfrentamento a um vírus que matou quase 200 mil brasileiros ao longo do ano passado.

A bancada do PT no Senado apresentou mais de uma centena de projetos de lei para reduzir o impacto da pandemia sobre a sociedade e diversas ações no Poder Judiciário para combater as ações negacionistas de Bolsonaro.

“Bolsonaro é prejudicial à saúde dos brasileiros. Ele transforma tudo em disputa. Não é uma conspiração contra ele e o governo dele, mas ele age sem limites numa disputa enlouquecida e coloca em risco a vida das pessoas. O nosso inimigo agora é o coronavírus”, disse o líder do PT, senador Rogério Carvalho (SE).

Bolsonaro que chegou a chamar a Covid-19 de “gripezinha” chegou a comemorar a interrupção dos testes clínicos da Coronavac, vacina produzida em parceira pela Sinovac e Instituto Butantan. “Mais uma que Jair Bolsonaro ganha”, escreveu, em uma rede social, comemorando a interrupção dos testes de uma potencial solução para a pandemia.

 

 

Leia mais:

Oposição denuncia Bolsonaro por crimes contra a vida e a saúde pública

Senadores criticam letargia de Bolsonaro no combate à pandemia

Senadores lamentam marca de 150 mil mortes por Covid no País

Leia também