Reconhecimento

Senadores lamentam falecimento do gigante Moraes Moreira

Parlamentares lembraram trajetória do cantor e compositor que deixou sua marca na música brasileira
:: Rafael Noronha13 de abril de 2020 16:09

Senadores lamentam falecimento do gigante Moraes Moreira

:: Rafael Noronha13 de abril de 2020

Os senadores da bancada do PT lamentaram o falecimento do cantor e compositor Moraes Moreira, ocorrido nesta segunda-feira (13), aos 72 anos. O artista que nasceu Ituaçu, Bahia, conheceu quando tinha 19 anos, em Salvador, seus futuros companheiros dos Novos Baianos.

Em 1976, já em carreira solo, ele se tornou o primeiro cantor de trio elétrico, ao subir no trio de Dodô e Osmar, e cantou a música “Pombo correio”, sucesso na época. Já em 1997, ele reuniu o grupo Novos Baianos para lançar o disco ao vivo Infinito Circular, com canções dos discos anteriores e algumas inéditas.

“Primeiro artista a cantar num trio elétrico na década de 70, Moraes quebrou uma tradição e abriu caminho para o Carnaval como conhecemos hoje. Com seu talento e genialidade ele deixa um legado inestimável para nossa cultura. Valeu, Moraes”, disse o senador Jaques Wagner (PT-BA).

O líder do PT no Senado, Rogério Carvalho (SE), referiu-se a Moraes como “um gigante que fortaleceu nossa brasilidade por meio da música”.

 

Confira as manifestações dos senadores:

Leia também