ARTIGO

Temer destrói a ciência e compromete o futuro

Ex-ministro fala sobre corte de 40% no orçamento da Ciência e Tecnologia e lamenta o desmonte das políticas petistas para ingressar o Brasil na sociedade do conhecimento
:: Aloizio Mercadante21 de dezembro de 2017 10:43

Temer destrói a ciência e compromete o futuro

:: Aloizio Mercadante21 de dezembro de 2017

De nada adiantou o apelo de 23 ganhadores do prêmio Nobel para a preservação do futuro da pesquisa e da ciência no Brasil, apesar da crise institucional, polícia e econômica, instalada pelo golpe. Com a imposição de um novo corte da ordem de 40% no orçamento da Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) para 2018, o governo ilegítimo de Michel Temer destrói os esforços dos governos Lula e Dilma de construir uma estratégia de ingresso na sociedade do conhecimento, única alternativa real para uma inserção autônoma e soberana do país na economia contemporânea.

O condomínio golpista liderado por Temer já havia demonstrado seu total desprezo pela CT&I, quando retirou a autonomia e a personalidade do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação e o subordinou ao Ministério das Comunicações. Reafirmou a falta de uma visão estratégica e de um projeto para o Brasil com a adoção de uma política de estrangulamento orçamentário em CT&I, que gerou forte preocupação de toda comunidade científica brasileira.

Confira a íntegra do artigo

Leia também