Agressão inaceitável à Venezuela e ao Mercosul

:: Da redação19 de dezembro de 2016 19:24

Agressão inaceitável à Venezuela e ao Mercosul

:: Da redação19 de dezembro de 2016

A Bancada do PT na Câmara divulgou nota oficial, nesta segunda-feira (19), repudiando a agressão sofrida pela chanceler venezuelana, Delcy Rodríguez, durante reunião do Mercosul na última quarta-feira (14), em Buenos Aires. O episódio ocorreu na sede do Ministério de Relações Exteriores, quando Delcy Rodríguez tentou entrar no edifício, para participar do encontro, e foi barrada pela polícia e por funcionários do governo argentino.

“Não é justificável, tanto do ponto de vista do Direito Internacional, quanto na dimensão política, que a representante de um país soberano e partícipe da construção do Mercado Comum do Sul receba o tratamento indigno oferecido pelas autoridades argentinas à Sra. Rodríguez”, critica a nota assinada pelo Deputado Afonso Florence, líder do PT na Câmara dos Deputados.

Segundo a Bancada do PT na Câmara, “de maneira oposta ao que fizeram os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, bem como Nestor e Cristina Kirchner à frente da Argentina e Fernando Lugo enquanto esteve no comando do Paraguai, o golpista Michel Temer e seus colegas Maurício Macri e Horácio Cartes adotam uma política excludente e marcada pela ausência de diálogo”.

“Esta posição, articulada em larga medida pelo chanceler entreguista José Serra, não levará a outro caminho senão o desmonte do Mercosul e a submissão destas nações aos interesses políticos e econômicos dos Estados Unidos e seus aliados europeus preferenciais, que se beneficiam diretamente da fragilidade da integração latino-americana”, alertam os parlamentares petistas.

Leia também