Pós golpe

Brasil fechou 64 mil firmas e perdeu 2,1 milhões de vagas

Números são resultado de uma retração econômica prolongada e levada às últimas consequência
:: Agência PT de Notícias28 de junho de 2018 10:55

Brasil fechou 64 mil firmas e perdeu 2,1 milhões de vagas

:: Agência PT de Notícias28 de junho de 2018

Em 2016, ano em que Michel Temer e seus fiadores usurparam o poder, o Brasil fechou 64.638 empresas e perdeu 2,1 milhões de postos de trabalho. Os dados foram divulgados nessa quarta-feira (27) pelo Cadastro Central de Empresas (CEMPRE), vinculado ao IBGE.

O setor de construção dispensou 20% de seu pessoal entre 2015 e 2016. Já a indústria extrativa e de transformação perderam ao todo 430 mil vagas. Um dos únicos a registrar leve crescimento? Serviços financeiros.

Ao contrário do cenário atual, entre 2011 e 2013, transição entre os governos Lula e Dilma, esse mesmo estudo registrou um crescimento de 263.029 empresas em todo o país. A alta era puxada pelos setores imobiliário, educação, administração, ciências e saúde.

Confira a íntegra da matéria

Leia também