Dirceu: união PSD-PSB favorece candidatura de Serra à Presidência

:: Da redação9 de novembro de 2011 20:09

Dirceu: união PSD-PSB favorece candidatura de Serra à Presidência

:: Da redação9 de novembro de 2011

Um dos artigos publicados hoje no blog do ex-ministro José Dirceu – “Tem gente acreditando que eleições se resolvem dois anos antes” – lê-se que a união entre o recém criado PSD, liderado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e o PSB, comandado pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos, na verdade, faz parte da estratégia do ex-governador de São Paulo, José Serra, para concorrer mais uma vez à Presidência da República em 2014. De acordo com o serviço de informação online do jornal Valor Econômico, Dirceu apontou que “o bloco de vereadores do PSB e PSD na Câmara de São Paulo, que tende a ser reproduzido na Câmara dos Deputados, faz parte da articulação do ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) para tentar concorrer de novo à Presidência da República em 2014, escreveu em seu blog o ex-ministro José Dirceu (PT)”. (…) ”O PSD seria um ‘atalho’ para solidificar a aliança com o PSB, que já ocorre em vários Estados governados por tucanos, apesar de o partido também apoiar o governo da presidente Dilma Rousseff (PT)”, diz ainda o Valor.

No blog do ex-ministro, encontra-se, ainda que “esta aliança dos sonhos [de Serra] já existe em vários Estados, e sem intermediários (PSD), como em Minas Gerais, Paraná, Alagoas, Paraíba e mesmo São Paulo”. Para Dirceu, a coligação PSD-PSB-PSDB em São Paulo, entretanto, é de “difícil concretização” porque nenhum dos pré-candidatos tucanos tem “base eleitoral ou força política para enfrentar a disputa com o PT”.

Leia a íntegra do artigo Tem gente acreditando que as eleições se resolvem dois anos antes

Leia também