EUA e UE demonstram interesse por projeto de líder do PT

:: Da redação19 de setembro de 2011 08:30

EUA e UE demonstram interesse por projeto de líder do PT

:: Da redação19 de setembro de 2011

Segundo reportagem do O Globo desta segunda-feira, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que acompanha a presidenta da República, Dilma Rousseff, em sua viagem aos Estados Unidos, vários países estão interessados nos programas de saúde desenvolvidos pelo governo brasileiro. Durante reunião ocorrida ontem, com representantes da Prefeitura de Nova York e de países da União Europeia, foram apresentadas as iniciativas do governo brasileiro – dentre as quais se destacou o programa “Academia de Saúde”, baseado no projeto “Academia das Cidades”, criado em 2002, durante o período em que o líder do PT no Senado, Humberto Costa, foi secretário da Saúde da Prefeitura de Recife, e espalhado posteriormente para dezenas de municípios pernambucanos, quando o Humberto Costa ocupou a Secretaria Estadual das Cidades. Barato e eficiente – O Academia da Saúde atraiu a atenção das autoridades norte-americanas por ser um modelo barato e eficiente de combater a obesidade. Instituído em âmbito nacional em abril passado, após ser aceito pela presidenta Dilma Rousseff ainda durante a campanha eleitoral do ano passado.  O programa chamou a atenção dos representantes norte-americanos e europeu pelos excelentes resultados que alcança, a partir da implantação de polos para prática de ginástica e convívio social. Atuando como centro promotor de atividades de segurança alimentar e nutricional e de educação alimentar em bairros das metrópoles e cidades de todos os tamanhos, o Academia da Saúde ainda conta com pessoal e infraestrutura para práticas artísticas (teatro, música, pintura e artesanato) e organização do planejamento das ações do Programa em conjunto com a equipe de APS (Atuação Primária à Saúde).academia2
“A base do programa federal, seja no que se refere aos equipamentos colocados à disposição, seja em seu formato de atendimento à população, é inspirado no modelo nascido em Recife e depois disseminado em todo o Estado de Pernambuco. Saber, agora, que os órgãos de saúde de países desenvolvidos estão interessados para reproduzi-lo em suas cidades só pode nos trazer muito orgulho. Divido essa honra com todos os técnicos da Prefeitura do Recife e da Secretaria das Cidades de Pernambuco, que colaboraram ativamente para a construção nacional do programa”, disse Humberto Costa. 

Leia também