Humberto: devolver mandato de Prestes é ato de Justiça

O Cavaleiro da Esperança foi referência para várias gerações de revolucionários brasileiros.

:: Da redação22 de maio de 2013 21:40

Humberto: devolver mandato de Prestes é ato de Justiça

:: Da redação22 de maio de 2013

Prestes teve o mandato extinto por um ato da Mesa da Casa, após o cancelamento do registro do Partido Comunista do Brasil

Renan Calheiros pediu desculpas à família de Prestes

O Senado devolveu simbolicamente, na tarde desta quarta-feira (22), o mandato de senador a Luiz Carlos Prestes e a seu suplente, Abel Chermont, cassados em 1948. Eleito com mais de 750 mil votos para a Constituinte de 1945 – a maior votação proporcional registrada até então no País -, Prestes e Chermont tiveram o mandato extinto por um ato da Mesa da Casa, após o cancelamento do registro do Partido Comunista do Brasil.

A solenidade de devolução dos mandatos contou com a participação das famílias. A viúva de Luiz Carlos Prestes, Maria do Carmo Ribeiro, as filhas Ermelinda e Zóia, o filho Luiz Carlos, a neta Ana Maria e o neto Eduardo. Chermont foi representado pelo neto Carlos e pela bisneta Ana Paula. “Como Presidente do Senado Federal e do Congresso Nacional, em nome das Instituições, eu peço publicamente desculpas à família de Luiz Carlos Prestes pela atrocidade patrocinada pelo Estado contra um ilustre brasileiro, legitimamente escolhido pelo povo para representá-lo”, afirmou o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) sobre a cassação dos mandatos.

Referência política

humberto-interna-prestes

O senador destacou a coragem política e a
dedicação do Cavaleiro da Esperança

“O que estamos fazendo hoje é um ato de justiça. O reconhecimento não só a um brasileiro notável, mas a toda a luta pela construção da democracia no Brasil”, afirmou o senador Humberto Costa (PE), que falou em nome do Partido dos Trabalhadores. Ele lembrou que Prestes foi referência para várias gerações de revolucionários brasileiros, ao longo de mais de 70 anos de presença na vida política do País.

A admiração por Prestes, afirmou Humberto, vinha não somente pela sua capacidade política, pela forma como realizou o papel de comandante da Coluna Prestes, de Líder do Partido Comunista e de liderança comunista internacionalmente reconhecida, “mas também pelas suas qualidades pessoais, morais”. 

O senador destacou a coragem política e a dedicação do Cavaleiro da Esperança, “homem que colocou toda a sua vida em segundo plano para defender as suas idéias, os seus ideais e o povo deste País”. Para Humberto, o mandato de Prestes foi usurpado “não simplesmente por um tribunal, mas pelas elites deste País, que nunca quiseram que o povo brasileiro pudesse se emancipar e viver na mais plena dignidade”.

suplicy-interna

Prestes dedicou toda a sua vida a essas causas de
um Brasil justo e civilizado, disse Suplicy

O Senador Eduardo Suplicy (PT-SP) afirmou sua admiração pela figura de Prestes. “Também comungo com os ideais de igualdade e de realização de justiça que fizeram Luiz Carlos Prestes dedicar toda a sua vida a essas causas de um Brasil justo e civilizado para todos nós brasileiros”.

Cyntia Campos

 

Leia mais:


Sessão irá ‘devolver mandato’ de Carlos Prestes no dia 16 

Senado aprova devolução de mandato a Carlos Prestes

Leia também