Menos Moradias

Movimentos denunciam suspensão do projeto Minha Casa Minha Vida

“Até agora, desde que Temer entrou, a cada dois ou três meses ele inventa algo novo, alguma portaria"
:: Agência PT de Notícias7 de junho de 2018 19:02

Movimentos denunciam suspensão do projeto Minha Casa Minha Vida

:: Agência PT de Notícias7 de junho de 2018

Movimentos populares que atuam na temática urbana estão mobilizados desde essa terça-feira (5) na capital federal para denunciar a paralisação das faixas do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) voltadas para a população de menor renda.

Graça Xavier, da União Nacional por Moradia Popular (UNMP), explica que nenhuma nova contratação no Minha Casa Minha Vida foi realizada desde o golpe de 2016 e, além disso, o governo Michel Temer (MDB) inviabilizou instrumentos de participação democrática relacionados ao desenvolvimento urbano no nível federal.

“Até agora, desde que Temer entrou, a cada dois ou três meses ele inventa algo novo, alguma portaria. A verdade é que de todos projetos em análise, para construção de quase 30 mil novas moradias através de autogestão, nenhum foi contratado. Ele fez um decreto que acabou com o Conselho das Cidades. Foi extinto, não tem recurso para mais nada, nem para fazer as reuniões”, afirma.

Confira a íntegra da matéria