CONTRA O RETROCESSO

Oposição no Congresso garante resistência a retrocessos

:: Agência PT de Notícias21 de fevereiro de 2017 07:31

Oposição no Congresso garante resistência a retrocessos

:: Agência PT de Notícias21 de fevereiro de 2017

O deputado federal Décio Lima (PT-SC) é o novo Líder da Oposição no Congresso Nacional e garante que a liderança será trincheira de resistência à política “conservadora, de direita e neoliberal” do governo ilegítimo de Michel Temer.

“Vamos fazer a resistência, na defesa por nenhum direito a menos, fazendo deste espaço um local de debate com a sociedade, para que ela se mobilize e possamos fazer o contraponto aos retrocessos”, afirma, lembrando da hegemonia conservadora que domina atualmente as duas casas do Congresso.

Nesse sentido, a liderança da Oposição no Congresso estará em sintonia, de acordo com Décio, com as lideranças da Minoria na Câmara e no Senado, sob o comando do deputado José Guimarães (PT-CE) e do senador Humberto Costa (PT-PE), respectivamente.

Para Décio, o golpista Temer quer por fim ao legado de Getúlio Vargas, de Ulisses Guimarães e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a quem chamou de “maior presidente que o Brasil já teve”.

“A agenda que o governo ilegítimo pretende realizar este ano é para pôr fim ao legado de Getúlio decorrentes das conquistas dos trabalhadores, pôr fim ao legado de Ulisses Guimarães maculando a Constituição de 1988 que é base do Estado de Direito e da ordem democrática. E pôr fim ao legado do presidente Lula, simbolizado pela retirada do Brasil do Mapa da Fome”.

Com o PT ocupando a liderança da Oposição no Congresso, Décio acredita que será mais uma oportunidade para mostrar à sociedade o que estava por trás do golpe que depôs a presidenta eleita Dilma Rousseff.

“Que o golpe não foi só uma agressão à vida democrática do País, mas também uma agressão para pilhar o patrimônio nacional, para fazer essa avalanche de privatizações e para tirar o direito de aposentadoria do nosso povo, levando essa legião ao mercado, à aposentadoria privada”, enfatiza o petista.

Reprodução autorizada mediante citação do site PT no Senado