Paulo Paim destaca Jornada Mundial da Juventude

Senador petista saúda realização do megaevento da Igreja Católica no Brasil, neste ano.

:: Da redação15 de julho de 2013 21:03

Paulo Paim destaca Jornada Mundial da Juventude

:: Da redação15 de julho de 2013

 

“A Igreja no Brasil vive um momento especial de
atenção aos jovens, que estão florescendo como
os principais missionários da chamada
‘Nova Evangelização’”

O senador Paulo Paim (PT-RS) destacou, nesta segunda-feira (15), a 27ª Jornada Mundial da Juventude, que acontecerá, no Brasil, de 23 a 28 de julho de 2013, com o tema “Ide e fazei discípulos entre todas as nações”.

“A comunidade católica mundial aguarda, com enorme expectativa, um dos mais importantes encontros religiosos do mundo, que acontecerá aqui, no Brasil, no Rio de Janeiro. Em todas as dioceses e paróquias do mundo, em todos os atos e celebrações, os fiéis católicos discutem a vinda ao Rio de Janeiro, a maior reunião do Papa Francisco com os jovens de todo o mundo”, lembrou.

Segundo Paim, no Brasil, os olhos das autoridades eclesiásticas e dos católicos mais engajados estão voltados para a organização do evento. O senador relatou que uma das maiores preocupações da comissão de organização do evento é com a recepção de cerca de três milhões de jovens, que estarão no Rio de Janeiro este mês. De acordo com o comitê organizador, relatou Paim, durante a Jornada do Rio, a igreja local pretende mostrar aos participantes de outros países a força e a capacidade de mobilização das novas comunidades católicas brasileiras.

Paulo Paim ainda ressaltou a opinião do Padre André Bastos, responsável pelo setor da juventude da Arquidiocese de Niterói, subsede do encontro com o Papa, para quem “a Igreja no Brasil vive um momento especial de atenção aos jovens, que estão florescendo como os principais missionários da chamada ‘Nova Evangelização’”.

O senador ainda leu trecho da mensagem para a 27ª edição da Jornada Mundial da Juventude, lida pelo então Papa Bento XVI, na manhã de 25 de março de 2012, na Praça do Vaticano, em Roma.

“Gostaria de vos exortar a ser missionários da alegria [da felicidade]. Não se pode ser feliz se os outros não o são: por conseguinte, a alegria deve ser partilhada. [A felicidade deve ser partilhada.] Ide contar aos outros jovens a vossa alegria por ter encontrado aquele tesouro precioso que é o próprio Jesus”, ressaltou.

Foto: Agência Senado 

Leia também