Paulo Paim pede mobilização pelos “projetos dos aposentados”

:: Rafael Noronha6 de fevereiro de 2012 18:16

Paulo Paim pede mobilização pelos “projetos dos aposentados”

:: Rafael Noronha6 de fevereiro de 2012

Após discutir frequentemente com governo, parlamentares e sindicatos, o ganho real dos aposentados e pensionistas durante o ano de 2011, o senador Paulo Paim (PT-RS) voltou a pautar nesta segunda-feira (06/02), em plenário, os projetos que tratam de reajustes para essas parcelas da população, citando, em seu pronunciamento, a Carta dos Aposentados e Pensionistas, aprovada em evento promovido pela Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (Cobap), no dia 29 de janeiro, em Aparecida (SP).

“Esta carta mostra que há uma unidade no movimento sindical, social, brasileiro. E aqui é uma visão de todas as centrais sindicais, não é uma visão de senador ou de outro senador ou senadora, desse ou daquele deputado”, disse o senador.

O senador afirmou que a pauta de reivindicações da carta é “mínima”, pedindo o reajuste das aposentadorias e pensões, acompanhando, na íntegra, ou aproximadamente, a política de reajuste do salário mínimo, o fim do fator previdenciário, a recomposição dos valores dos benefícios pelo número de salários mínimos que eles recebiam a partir do momento que passaram a receber o primeiro benefício.

Tramitação
O senador Paim, em seu discurso, também pediu celeridade às matérias que tratam da questão do reajuste dos aposentados, dentre elas, o fim do fator previdenciário, que se encontram na Câmara dos Deputados.

“Está lá para ser votada a questão do fator previdenciário; a questão dos aposentados e dos pensionistas, quanto ao seu reajuste, com um percentual acompanhando o PIB; está lá para ser votado também o PL que quer recompor o valor das aposentadorias com o número de salários mínimos”, ressaltou. “Até vi, recentemente, um estudo ou uma matéria que dizia que a situação dos idosos melhorou, melhorou a situação dos idosos que não tinham renda nenhuma, porque passaram a receber, por exemplo, o Bolsa Família. Mas os aposentados e pensionistas que trabalharam durante toda a sua vida e pagaram a Previdência, que deveriam estar recebendo um percentual de reajuste que acompanhasse a inflação, mais o PIB, ou pelo menos um percentual, como foi no ano passado, isso não vem acontecendo”, argumentou Paim, que também afirmou que o Senado fez a sua parte nesses temas.

Para acelerar a tramitação dos projetos de interesse dos aposentados e pensionistas que se encontram na Câmara dos Deputados, o senador pediu envolvimento dos interessados, a fim de sensibilizar os parlamentares.

“Em todas essas propostas, o Senado já cumpriu a sua parte. Só há uma saída. A pressão popular, a mobilização, cidade por cidade. Seja no campo seja na área urbana. É o contato com os Deputados pedindo a eles que votem os projetos que o Senado já aprovou”, disse.

Rafael Noronha 

Veja o conteúdo da Carta de Aparecida 2012

Leia a íntegra do discurso do senador Paulo Paim

Leia mais
Paim busca acordo com o Governo para reajuste dos aposentados

Foto: Agência Senado

Leia também