No Senado

Rogério Carvalho quer revogar emenda do teto de gastos

“A emenda constitucional 95, somente em 2019, retira cerca de dez bilhões de reais do orçamento da saúde”, alerta Rogério
:: Rafael Noronha8 de outubro de 2018 16:18

Rogério Carvalho quer revogar emenda do teto de gastos

:: Rafael Noronha8 de outubro de 2018

O atual deputado federal Rogério Carvalho Santos teve 298 mil votos – 16,4% – e garantiu uma das vagas de Sergipe para o Senado Federal. Em sua plataforma, o médico defende a revogação da emenda constitucional do teto de gastos e a ampliação de investimentos na seguridade social.

Na Câmara dos Deputados, dentre outros projetos, Rogério foi um dos relatores do projeto de lei que originou o programa Mais Médicos durante a gestão da ex-presidenta Dilma Rousseff.

“Pretendo levar ao Senado Federal a pauta da seguridade social. A emenda constitucional 95 – teto de gastos – somente em 2019 retira cerca de dez bilhões de reais do orçamento da saúde. Buscarei a revogação da emenda do teto, o aumento dos investimentos na área da saúde. Precisamos trabalhar por isso”, disse em recente entrevista ao Brasil 247.

O senador eleito também defende o aumento de investimentos na educação como uma forma de afastar os jovens do crime organizado e do tráfico de drogas. Ações de combate ao crime organizado, planejamento e área de inteligência ao invés de ações apenas nas atividades ostensivas.

“[Hoje] a segurança pública é tratada como combate ao agente delituoso. Segurança pública não pode ser tratada deste forma. Segurança pública é a utilização de todos os meios e recursos para reduzir a vulnerabilidade do cidadão em relação a sua segurança. Não acredito que medidas isoladas apenas de combate ao agente delituoso melhorem os indicadores [da segurança pública]”.

De acordo com estudo do IPEA, de junho deste ano, a cidade de Aracaju, capital de Sergipe, é a 23º mais violenta do País. 76,5 mortes violentas a cada 100 mil habitantes. Para Rogério, a federalização de alguns crimes com a possibilidade de participação da Policia Federal nas investigações seria benéfico para o combate aos crescentes índices de violência, além do combate ao crime organizado, inclusive, dentro dos presídios.

“Não existe um jeito simples e mágico de fazer isso, como acreditam alguns, que pedem a redução da maioridade penal. Não é por aí. Precisamos melhorar a qualidade das escolas, ampliar o investimento como foi idealizado pela presidenta Dilma com os recursos do pré-sal e gerar empregos de qualidade e renda para que nossa juventude possa ter o protagonismo econômico”.

Saiba mais sobre o novo senador
Rogério Carvalho Santos nasceu em Aracaju, capital de Sergipe, em 2 de agosto de 1968. Filho do casal Nourival da Silva Santos e Maria Lourdes de Carvalho Santos, Rogério foi criado em Lagarto, cidade na região centro-sul do estado. Começou sua atuação política no movimento estudantil, enquanto cursava medicina na Universidade Federal de Sergipe, tendo sido presidente do Centro Acadêmico (Camed) e da Direção Nacional dos Estudantes de Medicina (DENEM) entre 1991 e 1993, além de membro da Diretoria Executiva da União Nacional dos Estudantes.

Após concluir a graduação em 1993, fez especialização em gestão hospitalar, residência médica em Medicina Preventiva e Social, além de mestrado e doutorado em Saúde Coletiva na Universidade de Campinas (Unicamp).

Entre 2001 e 2006 ocupou o cargo de secretário de Saúde de Aracaju e do estado de Sergipe. Foi eleito deputado estadual e federal, sendo o deputado federal mais bem votado do estado até então.

Leia também