Fim do governo

Senadora Fátima pede a renúncia de Temer e Diretas Já

Ela disse ainda que o povo não vai aceitar eleições indiretas para um novo presidente
:: Assessoria da senadora Fátima Bezerra18 de maio de 2017 12:44

Senadora Fátima pede a renúncia de Temer e Diretas Já

:: Assessoria da senadora Fátima Bezerra18 de maio de 2017

A senadora Fátima Bezerra disse, em discurso ao plenário, nesta quinta-feira (17), que o vazamento das gravações da delação premiada dos donos da empresa JBS só dá uma opção ao presidente Michel Temer: renunciar. “Se você já não tinha condições morais e políticas para governar o país, pois entrou pelas portas dos fundos, Temer,  agora tenha um gesto de dignidade e apresente sua carta de renúncia”, sugeriu.  Ela disse ainda que o povo não vai aceitar eleições indiretas para um novo presidente. “E nós estaremos de braços dados com as ruas”, reafirmou.

Fátima lembrou que essa delação, gravíssima, está vindo com provas, tanto é que o Supremo imediatamente decidiu afastar os senadores Aécio Neves e Zezé Perrela e deverá analisar ainda hoje pedido da Procuradoria Geral da República para que Aécio seja preso. A PGR também pediu a quebra do sigilo das gravações de Temer, quando ele teria dado o aval para que se pagasse pelo silencio do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha.

Ela lembrou que o PT e os partidos de Oposição e os movimentos populares já estão se mobilizando para exigir o afastamento de Temer, seguido de eleições direitas, que poderiam acontecer com a aprovação de uma proposta de emenda à Constituição. “É um momento gravíssimo. Não existe nenhuma condição de este governo, que já estava moribundo, com apenas 4% de aprovação, continuar”, destacou.

Leia também