Caravana da Resistência

Humberto disse esperar coragem do STF no caso Lula

"Vamos lutar para que os próximos julgamentos sejam, de fato, imparciais e que o presidente Lula esteja conosco nas próximas Caravanas", disse o senador durante a Caravana da Resistência
:: Assessoria do senador Humberto Costa5 de agosto de 2019 12:43

Humberto disse esperar coragem do STF no caso Lula

:: Assessoria do senador Humberto Costa5 de agosto de 2019

Acontece no Nordeste a Caravana da Resistência: Por terra, aposentadoria digna e Lula Livre. A comitiva teve início em Juazeiro (BA) e, após realizar atos em dez cidades e atravessar mais de mil quilômetros, chegou até Caruaru, no Assentamento Normandia, para realização do ato de encerramento contando com a presença de diversas lideranças.

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), cobrou do Supremo Tribunal Federal independência e coragem nos novos julgamentos do caso do ex-presidente Lula.

“O Brasil espera do Supremo uma atitude de independência, autonomia e coragem para fazer justiça. Os vazamentos divulgados por The Intercept, Veja, Folha de São Paulo, Reinaldo Azevedo trazem a sujeira e os planos políticos por trás dos julgamentos parciais do presidente Lula. Desde o início desse processo de perseguição, a única coisa que Lula pediu foi um julgamento sem lado, um julgamento imparcial. Já passou da hora disso acontecer”, pontuou o senador.

Lideranças de todas as regiões participaram da Caravana. O líder do PT na Câmara, deputado federal Paulo Pimenta (RS), falou sobre o último encontro dele com Lula, que segue encarcerado em Curitiba há 500 dias.

“Lula é inspirador. Depois de conversar com ele, nós saímos com uma força inexplicável e uma vontade muito grande de ver a justiça ser feita. No dia em que ele foi preso, avisou: eu vou andar com as pernas de vocês e falar pelas palavras de vocês. E é por isso que estamos aqui” lembrou Pimenta.

Representando o PT de Sergipe e o da Bahia estavam os deputados federais João Daniel e Valmir Assunção. O deputado federal de Pernambuco Carlos Veras (PT) também acompanhou a Caravana em todo o estado. O líder do MST, Jaime Amorim projetou uma nova Caravana ainda em 2019.

“Quero parabenizar a todos pela militância e pelo grande evento que foi essa Caravana. É um resgate fundamental de tudo que foi feito pelo presidente Lula, pela presidenta Dilma, por todos nós do Partido dos Trabalhadores. Vamos lutar para que os próximos julgamentos sejam, de fato, imparciais e que o presidente Lula esteja conosco nas próximas Caravanas. Lula vai ajudar o povo a se posicionar contra essa extrema-direita que quer aniquilar todos os direitos sociais adquiridos nos governos de Lula e Dilma. Força, companheiros! Estaremos na luta”, finalizou Humberto.

Confira a íntegra da matéria

Leia também