Defesa dos trabalhadores

Líder pede mobilização contra tentativa de venda dos Correios

Líder do PT no Senado articulou reunião dos funcionários da empresa com o presidente do Senado para explicar prejuízos da venda, à preço de banana, da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos
:: Rafael Noronha20 de agosto de 2021 10:49

Líder pede mobilização contra tentativa de venda dos Correios

:: Rafael Noronha20 de agosto de 2021

O líder do PT no Senado, Paulo Rocha (PA), esteve juntamente com representantes dos funcionários da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) nessa quinta-feira (19) numa reunião com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) para tratar de dois temas fundamentais para o futuro dos trabalhadores dos Correios.

O Projeto de Lei (PL 591/21) que abre a possibilidade de privatização da empresa, patrocinado pelo governo Bolsonaro, e a Medida Provisória (MP 1045), que propõe uma minirreforma trabalhista, retirando ainda mais direitos dos trabalhadores e trabalhadoras em meio à pandemia. O encontro com o presidente do Senado foi organizado por Paulo Rocha.

Na avaliação do senador, é fundamental que os trabalhadores se mantenham mobilizados frente a agenda de privatizações e desmonte patrocinada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

“Depois da Eletrobras, os Correios se tornaram o foco do governo Bolsonaro para privatização. É fundamental estarmos aliados aos Correios. Não podemos vender, colocar em xeque o patrimônio público do nosso País. Os Correios não são apenas um patrimônio público, mas já são um patrimônio cultural do nosso povo. Uma empresa com 386 anos que estão querendo vender a preço de banana”, alertou o senador.

Para o secretário-geral da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telegrafos e Similares (FENTECT), José Rivaldo, a reunião com o presidente do Senado para mostrar a articulação dos funcionários dos Correios e os argumentos contrários à proposta de privatização.

“Essa reunião foi essencial para que o presidente do Senado possa saber o que está por trás desse projeto nefasto que prejudicará a população brasileira. Não podemos permitir que a proposta passe no Senado, já que trará um verdadeiro apagão postal ao país”, disse José Rivaldo.

O senador Rodrigo Pacheco afirmou que está negociando com os líderes partidários o encaminhamento do projeto que trata da privatização dos Correios (PL 591/2021). Ele classificou a matéria como “importante” e disse que vai decidir em conjunto com as lideranças se o projeto será debatido nas Comissões ou vai direto ao plenário.

Leia também