Na ONU

Temer mente ao afirmar que Brasil aumentou número de empregos

Michel Temer abriu os discursos dos chefes mundiais na 73ª Assembleia Geral da ONU e contou feitos de seu governo que não aconteceram
:: Agência PT de Notícias26 de setembro de 2018 10:35

Temer mente ao afirmar que Brasil aumentou número de empregos

:: Agência PT de Notícias26 de setembro de 2018

O último discurso de Michel Temer na Organização das Nações Unidas (ONU) aconteceu nessa terça-feira (25), na 73ª Assembleia Geral, em Nova York. Ele encerrou sua participação em sessões  das Nações Unidas da mesma forma que chegou ao governo no Brasil: omitindo fatos. Em seu discurso Temer se despediu e disse estar orgulhoso de realizações de sua administração que fizeram o Brasil crescer.

“Dissemos não ao populismo e vencemos a pior recessão de nossa história. […] Recolocamos as contas públicas em trajetória responsável e restauramos a credibilidade da economia. Voltamos a crescer e a gerar empregos. Programas sociais antes ameaçados pelo descontrole dos gastos puderam ser salvos e ampliados. Devolvemos o Brasil ao trilho do desenvolvimento. O país que entregarei a quem o povo brasileiro venha a eleger é melhor do que aquele que recebi”.

A fala de Temer não condiz com o que seu governo realmente realizou. O atual governo empurrou 23,3 milhões de pessoas para a pobreza, retirou direito dos trabalhadores, deixou 13 milhões de desempregados e congelou investimentos públicos por 20 anos, além de promover corte de 50% no programa Bolsa Família, paralisar obras do Minha Casa Minha Vida por todo o País e fazer a economia nacional encolher em até 3,3% em maio desse ano.

Confira a íntegra da matéria

Leia também