Vítimas das chuvas no Acre recebem cestas básicas e água

O governo federal já disponibilizou, R$ 1 milhão para apoio às vítimas das chuvas no Acre. Moradores de áreas alagadas no Acre começaram a receber cestas básicas e galões de água potável. 

:: Da redação23 de fevereiro de 2012 11:32

Vítimas das chuvas no Acre recebem cestas básicas e água

:: Da redação23 de fevereiro de 2012

Moradores de áreas alagadas no Acre começaram a receber cestas básicas e galões de água potável. A Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec) disponibilizou 2.800 cestas, compostas por produtos como arroz, feijão, farinha, açúcar, sardinha, macarrão, além de material de higiene e limpeza.

As ações do governo federal no Acre são coordenadas pelo Grupo de Apoio a Desastres (Gade), ligado ao Ministério da Integração Nacional, com auxílio do Exército, da Força Nacional de Segurança e de outros ministérios.

Com a cheia do Rio Acre, que subiu mais de cinco metros, calcula-se que cerca de 60 mil pessoas foram afetadas – 40 mil apenas em Rio Branco. Mais de sete mil estão desabrigados.

Além da capital, outras oito cidades foram alagadas: Manuel Urbano, Sena Madureira, Santa Rosa, Assis Brasil, Brasileia, Xapuri, Porto Acre e Epitaciolândia.

Recursos
O governo federal já disponibilizou, por meio da Sedec, R$ 1 milhão para apoio às vítimas das chuvas no Acre. Os recursos serão usados na compra de alimentos, água potável, barracas, vestuário, material de primeiros-socorros e produtos de higiene e limpeza.

Segundo o Ministério da Integração Nacional, equipes do Gade estão, neste momento, em operação em seis estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Santa Catarina e Acre.

O grupo é formado por especialistas em defesa civil de todo o País. O objetivo é apoiar in loco a ação das defesas civis estaduais e municipais.

Ministério da Integração Nacional

Veja a matéria

{youtubejw}fSwtqqdEpto{/youtubejw}

 


Leia também