Wellington comemora a cobertura geográfica das licitações da ANP

:: Da redação13 de maio de 2013 22:44

Wellington comemora a cobertura geográfica das licitações da ANP

:: Da redação13 de maio de 2013

 

Líder do PT destaca amplitude da iniciativa para
explorar petróleo, gás e xisto, que ocorrerá em
todos o País

A nova rodada das licitações da Agência Nacional do Petróleo foi comemorada em plenário pelo líder do PT, Wellington Dias (PI). Ele destacou a amplitude das licitações, que vão desde a foz do Amazonas até o recôncavo baiano, do pampa gaúcho ao litoral piauiense. As explorações são de petróleo, gás e xisto. Wellington ressaltou que o Piauí tem 14 lotes da Bacia do Rio Parnaíba nos leilões que serão promovidos nesta terça e quarta-feira. “É um leilão histórico”,disse.

A rodada vai ofertar 289 blocos de gás e petróleo em 23 setores distribuídos em 11 bacias sedimentares. No total, o leilão atraiu interesses de 71 empresas oriundas de 18 países e três territórios. São 64 empresas que foram consideradas habilitadas a disputar a rodada de licitação de blocos exploratórios.

“A rodada marcará a retomada das licitações da ANP, suspensas desde 2008 por conta das discussões”, disse, lembrando o longo processo para definir o marco regulatório do petróleo nos últimos anos em função da descoberta do pré-sal. “Tivemos de um lado aqui a necessidade da regulação, da distribuição dos royalties e participação especial, mas, além disso, a fixação das alíquotas de royalties e de participação para as novas rodadas, além da mudança do regime de concessão para o regime de partilha”, relatou.

Baseado nos estudos aerogeofísicos e sísmicos realizados no Piauí, o potencial piauiense permitirá a construção de um gasoduto e uma estrada de ferro nessa região. A pesquisa sobre o potencial petrolífero da região foi autorizada pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2004. “Aliás, o Brasil estava há muitos anos parado sem fazer grandes pesquisas. Os próprios recursos colocados para a Agência Nacional de Petróleo, que eram voltados para pesquisa, ficavam contingenciados e ali eu demonstrei, com base em um estudo que me foi apresentado por um antigo funcionário da Petrobrás que colocava claramente que havia já a comprovação da existência de gás, onde hoje é o Município de Capinzal, no Estado o Maranhão”, afirmou.

O senador disse ainda que o poço estava abandonado e hoje ele é um dos poços de maior vazão de gás no nosso País. “E o mais importante, é capaz de abastecer e garantir o funcionamento de termoelétricas para a complementação de energia naquela região”, disse.

“O potencial dos setores mineral e energético do Piauí vem recebendo atenção especial e com certeza temos grande possibilidade de ter investimentos a partir dessas descobertas que, estamos confiantes, serão agora colocadas em termos comerciais”, destacou.

MoraesBrito31

  Piauí tem 14 lotes da Bacia do Rio Parnaíba nos
  leilões que serão promovidos nesta terça e quarta-feira

O Piauí tem uma das regiões ferríferas de grande potencial no Brasil. O ferro na região de Paulistana além de abundante, é de qualidade Premium. Portanto, há aí um potencial na área do ferro, do níquel, da argila branca em que, por exemplo, para se trabalhar a porcelana só é possível com a presença do gás”, explicou.

O líder petista destacou, ainda, que esses serão os primeiros leilões a serem promovidos já no regime de partilha – “um regime em que o povo brasileiro é dono da maior fatia do gás extraído e do petróleo – definiu.E concluiu: verdadeiramente, a partir desses leilões, poderemos dizer que o petróleo é nosso”.

Leia mais:

64 grupos estão aptos à 11º Rodada de licitação de petróleo

Leia também