Operação Zelotes

Wellington Dias: Denúncia contra Lula não tem amparo legal

:: Rafael Noronha13 de setembro de 2017 14:11

Wellington Dias: Denúncia contra Lula não tem amparo legal

:: Rafael Noronha13 de setembro de 2017

O ex-senador e atual governador do Piauí, Wellington Dias, afirmou nesta quarta-feira (13) que a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal no Distrito Federal no âmbito da operação Zelotes contra o presidente Lula não tem “nenhum amparo legal” visto que o gesto do então presidente da República foi amplamente discutida e aprovada pelo Congresso Nacional.

“Essa foi uma política de Estado feita através de uma medida legal, que é a medida provisória, debatida e aprovada com o apoio do governo e da oposição. Querer condenar um presidente da República porquê ele teve uma iniciativa em favor do Brasil, eu sinto muito, mas isso não tem nenhum amparo legal”, disse o governador.

O presidente Lula foi denunciado à Justiça sob a acusação de ter praticado o crime de corrupção passiva. De acordo com a denúncia, irregularidades foram encontradas na edição da Medida Provisória 471/09. A proposta prorrogou por cinco anos incentivos tributários destinados a empresas do setor automobilístico.

Na avaliação do governador Wellington Dias, Lula apenas adotou uma medida que proporcionou a manutenção do ciclo de crescimento econômico ante a crise internacional que já se estabelecia em diversas economias pelo mundo.

“E isso aconteceu. Isso é comprovável. Nós aumentamos o crescimento industrial com crescimento de emprego positivo em todo o Brasil e é isso que agora se quer colocar no banco dos réus. A criminalização da política é algo que caminha para a intolerância no Brasil. Veja que o que se está buscando criminalizar, algo que é natural em qualquer lugar do mundo. Essa foi a posição de um Estado que tem responsabilidade com seu povo”, defendeu.

Além da defesa do governador, o Fórum de Governadores do Nordeste também divulgou nota em defesa da Medida Provisória 471. Os governadores também criticam criminalização de Lula e da política.

Leia a íntegra da nota

Leia também