Anomalia judicial

Imagens do tríplex mostram farsa da prisão de Lula, dizem senadores

Regina Sousa: “O apartamento que mostraram como prova do crime foi forjado no Projac da Rede Globo. Aquilo é cenário de novela”
:: Rafael Noronha18 de abril de 2018 17:12

Imagens do tríplex mostram farsa da prisão de Lula, dizem senadores

:: Rafael Noronha18 de abril de 2018

No dia seguinte à diligência realizada pela Comissão de Direitos Humanos (CDH) para visitar a sede Policia Federal, local onde está confinado o ex-presidente Lula, senadores que participaram dos trabalhos se manifestaram durante a sessão desta quarta-feira (18), em Brasília.

A senadora Regina Sousa (PT-PI), presidenta da CDH, explicou que o colegiado deve analisar na próxima sessão, o relatório do senador João Capiberibe (PSB-AP) referente as instalações do local e as condições nas quais está sendo mantido o ex-presidente Lula.

“Cada vez mais temos a certeza de que o presidente Lula é inocente. Ontem, enquanto estávamos em Curitiba, estavam circulando pelo mundo as fotos do apartamento no Guarujá. Com aquelas imagens é possível derrubar essa tese maluca, esse vexame. O apartamento que mostraram como prova do crime foi forjado no Projac da Rede Globo. Aquilo é cenário de novela”, disse a senadora, comparando as imagens apresentadas pela mídia tradicional nas quais atribuíam à Lula a posse do apartamento.

Ao ocupar o chamado tríplex no Guarujá, o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) constatou, segundo o líder da Oposição, Humberto Costa (PT-PE), que diversas coisas que foram relatadas no processo contra o ex-presidente não correspondem à realidade. “Disseram que havia uma reforma milionária, elevador. Vimos algo simples, que não sofreu nenhum tipo de reforma. Até porque Lula não é e nem nunca foi o dono daquele lugar.

Apesar de o ex-presidente Lula estar “em instalações adequadas”, Humberto Costa, criticou o fato de ele estar submetido a regime de isolamento dos demais. “Essa condição é degradante. Apenas advogados tem acesso ao ex-presidente e seus familiares, uma vez por semana”.

Já a senadora Fátima Bezerra (PT-RN) enfatiza que a prisão política do ex-presidente deriva de uma condenação sem provas e sem crimes constatados, reflexos dos “tempos de ataques a democracia” pelo qual o País atravessa.

“A visita ocorreu a exatamente dois anos da admissibilidade do processo de impeachment contra a presidenta legítima Dilma Rousseff. Lula se mantém tranquilo, apesar da indignação com a situação a qual está submetido”, salientou.

Leia mais:
Lula não está preocupado com ele, mas com o futuro do Brasil e da democracia

Leia também